Dias bons e Dias ruins

Já me perguntaram o porquê Deus permite que aconteça tanta desgraça nesse mundo, se Ele é tão benevolente? Afirmaram-me que se Deus é tão amoroso e misericordioso como diz a Bíblia, então não deveria haver coisas ruins acontecendo por todo lado. Fiquei pensando o quanto é engraçado como a mente do ser humano funciona sempre buscando algo para se justificar, mesmo que seja incriminando a Deus. Primeiro devemos arcar com nossos próprios atos.
Vários dos infortúnios que acontecem no mundo são causados pelos próprios seres humanos, porém para muitos é mais fácil culpar a Deus.
O servo de Deus deve ter em mente que nesta vida haverá dias bons e ruins, pois é assim que a vida na terra. O próprio Jesus, quando veio nos salvar, Ele viveu dias bons e dias horríveis. Por que existem pessoas que acham que não podem viver provações? Será que elas se acham melhores que Jesus?

Enfim, Jesus nos diz "Não acheis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;" (Mateus 10:34). Deus não nos promete que escolhendo o caminho de Cristo não acontecerá nada de ruim em nossa vida, no entanto Ele garante que nos dará a "espada", foças para lutar e prevalecer sobre as provações.

Mas para receber a "espada" de Deus, devemos estar em comunhão com Ele. Precisamos escolher o caminho que leva ao Senhor, que é Jesus Cristo, para que Ele possa nos ajudar e estar junto de nós sempre.
Como diz em 1Jo 5:19, "Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.”
Essa terra está no maligno, devemos entender que o paraíso não é aqui. O céu é o lugar que Deus preparou para ser perfeito, lá teremos paz absoluta em Cristo Jesus... não aqui. Agora, também sabemos que Deus tem um compromisso com aqueles que O servem verdadeiramente. Se você é um autentico servo de Cristo, sempre se esforça para buscá-lo, então saiba que Ele está com você em todos os momentos de sua vida. Isso não significa que nunca vai acontecer algo ruim com você, contudo tenha certeza de Ele te ajudará a superar todos os obstáculos que se colocarem em seu caminho.

(Mateus 7:13-14) Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram.”

(Mateus 26:41) Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.”

(1 Pedro 5:8) Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar;”

Deus nos alerta em várias passagens bíblicas que existem dois caminhos e que devemos escolher qual deles queremos seguir. Sabemos que o caminho que leva a perdição, através do pecado, é o mais fácil e confortável. Cristo nos explica que viver para Ele não é fácil. Aqueles que escolherem seguir o caminho da salvação devem ter em mente que esse caminho é “estreito”, é desconfortável, demanda sacrifício e esforço. Mas o Pai também nos mostra como devemos agir para conseguirmos permanecer nesse “caminho estreito” e vencer o inimigo, que é através de vigília e oração. A vigília sugere que estejamos sempre alertas, prestando atenção em tudo. Devemos vigiar, estar vigilantes, o tempo todo, pois quando o inimigo tentar nos pregar peças, se estivermos “dormindo no ponto” não vamos nem saber que caímos em uma armadilha. A oração é a comunhão com Deus, pois sem Ele não somos capazes. Orar é estar sempre conversando com Deus, é o estreitamento do relacionamento com Cristo. A oração nos ajuda a permanecer firmes, pois se estamos firmes em Jesus, mesmo que você não consiga superar algum obstáculo, Deus vai a diante de você e com Ele guiando sua vida, nada vai te derrubar!

Precisamos ser fortes para enfrentar as tentações, pois elas serão muitas. Mas devemos estar confiantes que no final de tudo teremos nossa recompensa na morada que o Senhor preparou para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador de Visitas Mensal